Invent

Artigo 20: Provedor de Internet: das dificuldades rumo à Profissionalização e ao futuro


Nos últimos anos a quantidade de provedores de internet (ISP) não param de aumentar e a tendência no Brasil é que este número dobre ou triplique, mas isso não significa que todos estes provedores vão permanecer no mercado nos próximos 10 a 20 anos. O grande desafio dos pequenos e médios Provedores de Internet (ISP) para os próximos anos será enfrentar a profissionalização e a convergência.

Sabe-se que de 100 Brasileiros, 65 não tem acesso à internet e também que existe um grande monopólio dos cinco grandes grupos de Telecom no Brasil (operadoras) que tentam monopolizar os acessos físicos (par metálico e redes óticas) e os serviços em Telecomunicações no Brasil. Mas estes grandes grupos por terem capacidade de investimento, conseguem oferecer ao mercado residencial e corporativo serviços convergentes de voz, dados e IP. Contudo, existe uma deficiência enorme destes players no que tange atendimento profissionalizado, agilidade de atendimento, suporte de qualidade e atendimento personalizado. Esta carência abre espaço para os pequenos e médios provedores crescerem muito. Mas a grande questão é como?

Os provedores de Internet estão cada vez mais tentando suprir esta alta demanda por Internet dos clientes residenciais e corporativos, e com certeza estão conseguindo isso, mas ainda existem muitas dificuldades a serem superados. Os provedores de internet com certeza serão os responsáveis por democratizar o acesso de Internet, Voz , Tv por assinatura nos país nos próximos anos.

 A demanda pela convergência só aumenta e para um pequeno e médio provedor crescer imagina-se que a profissionalização e o investimento em convergência seja a saída para a diferenciação no mercado. Porém, percebe-se que estes provedores demonstram enormes dificuldades como oque , quando , quanto e quem irão ajudar neste processo.   

Percebe-se que alguns provedores estão crescendo de 20 a 30 % ao ano, mas outros estão decrescendo e perdendo clientes a cada ano. Mas o que estes provedores fazem para crescer? O que estes provedores não fazem para crescer? Quais são as grandes dificuldades destes provedores? Como aumentar a receita por cliente?

Depois de muitos anos trabalhando atendendo os provedores de Internet no Brasil, compartilhamos abaixo algumas percepções sobre as dificuldades que os provedores de Internet (ISP) estão passando. Podemos perceber que os pequenos provedores de internet:

* Ainda tem dificuldade em implantar a Telefonia IP

* Ainda tem dificuldade em acessar o PTT Metro 

* Ainda tem dificuldade com Softwares amadores para gestão do Provedor 

* Recusa em implantar um 0800 para SAC, apesar de ser obrigatório

* Ainda tem dificuldade com questões legais e jurídicas frente a Anatel 

* Ainda tem dificuldade com questões tecnológicas  

* Ainda tem dificuldade com documentação de processos internos  

*  Ainda tem dificuldade com o desenvolvimento de parcerias comerciais e estratégicas

* Ainda tem dificuldade em visualizar que hoje há uma fusão entre TI com Telecom

* Ainda tem dificuldade com a profissionalização dos serviços e dos processos

 Conforme descrito acima, existem muitas dificuldades que impedem o crescimento exponencialmente destes provedores. Imagina-se que para resolver estas dificuldades os provedores tem que levar muito a sério a profissionalização do tripé (sistemas, pessoas e processos) e investimentos sérios a médio e longo prazo.  Onde os sistemas precisam ser mais profissionais possíveis e que estes comportem a convergência das soluções; pessoas capazes para sustentar este crescimento e processos bem fechados e escritos para o melhor andamento dos serviços prestados.

Parece um desafio muito grande, mas isso só vale se o provedor quiser se diferenciar no mercado, ou seja, conseguir agregar valor aos serviços prestados e evoluir enquanto prestadores de serviços, pois caso contrário, não haverá sustentabilidade em longo prazo. E por incrível que pareça os provedores do Sul do Brasil estão muito mais alinhados com esta mentalidade do outros provedores do Sudeste e Nordeste.

Para concluir o raciocínio, é muito necessário – que neste processo de profissionalização – receber o apoio de profissionais sérios e comprometidos com a evolução do negócio, como é o caso de serviços como Telefonia IP, Redes de Dados, IP, TV por assinatura, Hosting, Serviços de TI, etc. Neste ponto a TCS está à disposição dos pequenos e médios provedores frente às novas demandas do mercado, pois temos uma rede de parceiros estratégicos que nos auxiliam neste processo. A partir de uma equipe qualificada, a TCS como empresa de consultoria, almeja ajudar os clientes frente às demandas pela convergência de soluções e pela profissionalização dos serviços oferecidos no mercado.

Bruno César Artuzo – Diretor Comercial da TCS – 25/05/2012 

 

Visit also our social profiles:

Scroll to top